FÁBIO BATISTA

FÁBIO
BATISTA

Natural de Sines, realizou o curso Oficina de Artes de Palco com João Craveiro entre 2014 e 2015 na Escola das Artes do Litoral Alentejano. No âmbito deste curso, interpretou o papel de Pequeno/Esquerda no espetáculo Em Alto Mar de Slawomir Mrozek, encenado por João Craveiro, no Centro de Artes de Sines em Janeiro de 2015. Iniciou o seu percurso académico na Escola Superior de Teatro e Cinema em 2015 e licenciou-se em Teatro, no ano de 2018, no ramo de Actores. Foi aluno de Maria Duarte, Álvaro Correia, Carlos J. Pessoa, Bruno Bravo, Francisco Salgado, Jean Paul Bucchieri, entre outros. Também no âmbito escolar, participou em peças como O Cerejal (Anton Tchékhov), Baal (Bertolt Brecht), Hamlet (William Shakespeare) e As Bocas Inúteis(baseado no conto homónimo de Octave Mirbeau). Estreou o projecto final de curso, chéleme! (encenação de Maria Duarte), no Teatro da Trindade em Junho de 2018. Realizou workshops com o actor Kris Cuppens e com a professora Lieve Hermans numa parceria entre a Escola Superior de Teatro e Cinema e a LUCA School of Arts, da Bélgica. Após acabar a licenciatura, estreou-se profissionalmente como ator no espetáculo de teatro Vórtice, encenado por João Esteves, no Centro Cultural da Malaposta em julho de 2019. Participou também nos espetáculos The World is a Tragedy (2020) e Revolução por Amor (2020), ambos da Play Company e encenados por João Pires. Trabalhou como actor em mais de uma dezena de curtas-metragens académicas. Interpretou o papel de José Horta na série O Atentado (RTP) e participou ainda na novela  A Teia (TVI) e na série Solteira e Boa Rapariga (RTP). É o vocalista da banda rock sineense The Ginskeys desde 2011 e é um activo compositor em todos os temas da banda.

1m74 | Camisa M | Casaco M | Calça 38 | Sapato 43